Boho Chic

Inverno 2016: Franjas, em vários estilos!

Como explanamos em um post anterior, as franjas são usadas desde a muito tempo atras com objetivos diferentes. Na moda, existe vários estilos onde ela é usada por isso vamos mostrar os estilos e como usa-los!

Estilo  Cowboy e as Franjas.

Embora as franjas nada tenha a ver com cowboys pois os verdadeiros cowboys (vaqueiros) não usavam franjas, Hollywood popularizou a moda através de seus filmes os quais na verdade destacavam a morte de índios nativos americanos como uma causa justa e nesses filmes “os homens brancos” que apareciam usando roupa com franjas eram justamente os caçadores de índios ou os batedores que faziam parte da cavalaria do exército que escalpelavam, torturavam e matavam os índios nativos americanos. Em filmes de Faroeste muitas vezes pistoleiros usavam jaquetas com franjas. Nenhum pouco nobre a causa mas a moda estilo Cowboy com franjas pegou.

O tecido mais usado neste estilo é o camurça e de preferencia em tons marrons, imitando as peças originais de couro sem polimento, mas isso não significa que outras cores não se deva usar. No estilo cowboy temos o Country Western, Mood Cowboy . Existe outros sub-estilos mas que acaba fazendo muita confusão por isso vamos considerar os dois mais usados.

Como usar:

  • Country Western: Western significa Oeste e o estilo lembra bem os cowboys dos filmes hollywoodianos,botas, calça jeans, camisa lisa ou xadrez e casaco ou colete com franjas, no caso das mulheres pode-se também usar saias longa e a bota é acessório obrigatário.

 

 

  • Mood Cowboy: Mood significa Humor, Jeito, Maneira é um estilo livre onde lembra o Cowboy mas de maneira menos tipica, pode ser num estilo social, esporte fino, etc, é também as vezes chamado Cowboy Fashion.

Nestas duas ultimas fotos muitos podem pensar que se trata do estilo Boho Chic mas o que distingue os looks como sendo Mood Cowboy é a saia de camurça com franjas com camisa jeans ou de camurça. A primeira foto lembra uma mistura de mulher indígena com cowboy pois tudo é em camurça, já na segunda foto o jeans deu um ar mais cowboy

 

 

Estilo Boho Gatsby e as Franjas.

Gatsby é o personagem de um livro dos anos 20 que retrata as mudanças da moral da época e também o glamour dos grandes ricos.  Boho era a abreviação de BOHEMIAN e era a denominação dada aos ciganos, vagabundos, pobres, enfim, a todo tipo de pessoa que leva uma vida simples e/ou despreocupada com bens materiais.O termo boêmia surgiu na França no início do século XIX, quando os artistas e criadores começaram a concentrar-se na periferia e subúrbios vivendo de aluguel, se misturando à classe baixa. 

Nessa época, influenciada pela Boemia que caracterizava a despreocupação com relação a bens materiais e às normas, Coco Chanel lança vestidos mais curtos com franjas e que foram muito usados entre as mulheres da alta sociedade. Este estilo embora usado por mulheres ricas também significava renegar aos luxuosos vestidos armados e corsets, aderir ao feminismo e ser dona de seu próprio corpo e sensualidade. As franjas surgiram para disfarçar o tamanho da saia que de repente ficou menor. As dançarinas de Charleston adotaram os vestidos de franjas que deram mais movimento aos passos e até hoje o estilo Gatsby é um ícone dessa dança.

O estilo Boho Gatsby é um estilo mais para vestidos de festas ou roupas sociais com franjas em linha, canutilhos e miçangas.

Como usar: modelo festa ou social, usar com sandálias e sapatos de salto.

 

Estilo Boho Chic e as Franjas.

Depois dos anos 20, o movimento boemio da França perdeu a força mas nos anos 60 o movimento boêmio ganhou força em Londres no bairro de Soho e o termo BOHO foi associado a “Bohemian Of Soho“, os Boêmios de Soho. Com o movimento Hippie acontecendo nos Estados Unidos e a liberação sexual, as ruas do bairro se encheram de sex shops e casas de Streep tease. A rua Carnaby Street tornou-se famosa por ser o cenário da aparição da minissaia e roupas super coloridas e nada “comportadas”, quando comparadas à moda das décadas anteriores. Por isso, o estilo Boho Chic traz elementos hippies, ciganos e acrescenta outros elementos da nova era como a mini-saia e é chamado de Chic porque tinha a influencia dos artistas burgueses mas boêmios.

Como usar:

  • Mini saias ou vestidos são os ícones do Boho Chic mas como também é inspirado no hippie traz elementos como saias longas floridas, estilos ciganos e muito colorido e peças franjadas. Chapéus de aba média a grande também faz parte do look pois vem do lado dos artistas boêmios. O Boho Chic também é chamado erroneamente de Hippie Chic! Hippie Chic não existe, como verão abaixo!

 

 

Estilo Hippie e as Franjas

Como vimos anteriormente, em 1960 os jovens estavam bem preocupados com os direitos civis inclusive os direitos dos índios nativos americano e vestir peças com franjas tornou-se uma forma de mostrar simpatia pela causa indígena! Também passaram a vestir estampas étnicas como forma de mostrar amor livre de preconceitos! 

Depois disso, as peças franjadas passou a ser associada ao estilo hippie. Hippie Chic não existe pois os hippies não tinham nada de chiques, pelo contrário, eles abominavam qualquer coisa que não fosse simples e usavam roupas velhas, muitas vezes compradas em brechós ou doadas pois abominava o capitalismo, o consumismo. O termo certo é Boho Chic.

Como usar:

  • o estilo Hippie usa modelagem dos anos 60 como calças boca de sino ou flaire, saias ou vestidos longos floridos em tons discretos e o uso de jaquetas e coletes franjados, estampas étnicas, peças em trico e crochê. Também usa-se muitas peças artesanais como trico e crochê e bijuterias feitas manualmente ou de sementes e cascas de coco, etc.  Sapatos baixos ou de plataformas tipo anabela e sandálias e bolsas transversal pequenas.

 

 

Estilo Folk e as Franjas.

O Folk vem de uma palavra que significa tanto povos, folclore como também se refere a vida rural. Por este motivo, o Folk engloba tanto o Country ou Cowboy como também o Hippie, porque? No Country, como parte da vida rural, o uso de peças artesanais como o crochê e o trico são normais pois eram feitos e usadas pelas mulheres do campo. No Hippie, quando aconteceu o movimento, muitas pessoas vinham de fazendas, de uma vida rural, e com isso os hippies começaram a produzir peças artesanais tanto na parte de vestuário com trico e crochê como na parte de acessórios usando sementes e cascas. Além desses dois fatos, também existe a influencia de estampas étnicas que veio dos camponeses e rancheiros que viviam na fronteira do México e que faziam uso de peças tipicas mexicanas como o poncho e que foi adotado por muitos rancheiros, fazendeiros e vaqueiros dos Estados Unidos. Mais uma vez, este estilo também foi adotado pelos hippies devido a essas influencias e outros tipos de estampas étnicas representando o amor sem fronteiras e sem preconceitos como as estampas em estilo indiano, mais conhecido como Paisley. O Folk podemos dizer que é um caldeirão de influencias!

Como usar:

  • o estilo Folk engloba peças em trico e crochê, usado de forma que lembre o Country ou o Hippie, estampas florais pequenas das influencias rurais, estampas indianas, estampas étnicas, poncho e sapatos ou botas ligado a um dos estilos. Nesse estilo a preferencias são por calças ou saias longas, nada de curto!

 

DICA:  Não se prenda à estilos! Crie seus próprios looks lembrando sempre de haver bom senso! Não exagere em acessórios ou peças com franjas, use no máximo duas peças com franjas, mais que isso é exagero.
Veja mais fotos em: http://bit.ly/1YTcdmW

Espero que gostem e que as dicas sejam de proveito!!!

Beijinhos à todos e até o próximo post!

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s